#MaratonaNetflix - Lovesick

11:00


Depois de um tempo sem começar nenhuma série original da Netflix, dei uma chance pra Lovesick e me encantei logo de cara. Tava precisando de alguma coisa rapidinha, pra assistir no pouco tempo que tenho, e ela foi perfeita pra mim no momento. Nada pesada, ela é feita pra divertir, apesar de nos fazer pensar de vez em quando. O grupo de atores principais é novo, nunca tinha visto nenhum deles trabalhar, e estão todos de parabéns, a atuação é realmente muito boa. A série é britânica, o que acrescenta um charme todo especial e um sotaque maravilhoso. Faz bem o estilo de Love, outra que tem resenha aqui, só é um pouquinho menor e mais leve. Sem mais delongas, partiu falar sobre ela.


Dylan foi fazer um exame pra detectar DSTs e acaba descobrindo que tem clamídia. Como manda a regra, ele tem que entrar em contato com todas as mulheres com quem já transou para avisá-las sobre o risco do contagio. Ele resolve fazer isso em ordem alfabética e começa a dar telefonemas, falando tanto com as mais tranquilas quanto com as mais loucas e problemáticas. Nessa jornada, estão com ele o Luke, melhor amigo e companheiro de apartamento, a Evie, melhor amiga, paixão enrustida e quase casada, e o Angus, divorciado e dormindo de favor no sofá dele. Enquanto ela dá esse aviso nada legal para as ex-namoradas, ele vai tendo flashbacks e mostrando como rolou a relação com cada uma delas. 


A primeira temporada da série, que também já recebeu o nome de Scrotal Recall, já está toda disponível no Netflix e conta com seis episódios, cada um com mais ou menos 20 minutos. É super legal de assistir, não tem nenhuma piada forçada nem cenas pesadas, dosa o humor do jeito certo. Como é curtinha e gostosinha, acabei assistindo toda em um dia só, fui vendo e nem percebi quando acabou. Achei o jeito como ela levou todas as histórias muito genial, cada relacionamento foi tratado como deveria e, enquanto ele relembra suas próprias histórias, a gente acaba aprendendo mais sobre todos os outros personagens e porque as coisas estão do jeito que estão no presente. Torcer pelo romance do Dylan e da Evie se torna inevitável, cada passo errado que eles dão te tira do série e te faz pensar como eles podem ser tão cegos. Amo séries britânicas e essa não me deixou na mão, seguiu toda a vibe que eu esperava e não me decepcionou de jeito nenhum. 


Amei a série, indico muito pra quem ta procurando alguma coisa rapidinha e gostosa pra assistir de vez em quando ou toda de uma vez. E vocês, já assistiram? Curtiram? Me contem aqui nos comentários. Mil beijos! 


You Might Also Like

4 comentários

  1. Olá,
    Nossa, eu nunca vi a série, não imaginava que ela era legal assim.
    Vou dá uma chance, também!
    Agradeço a dica.
    Beijos.

    Leitura de Lua

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dá sim, não vai se arrepender!

      Excluir
  2. Não tinha visto essa série ainda, mas vou dar uma chance. Gostei da sua resenha e vou aproveitar meu último fim de semana pra assistir, já que é curtinha. Obrigada pela dica. Beijos :*

    www.vandivenus.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou da resenha, tomara que valha a pena e você goste como eu!

      Excluir

Deixe sua opinião, os comentários serão respondidos quando possível!

“Quando Deus muda nossos planos é porque algo vai melhorar. Confie.” Salmo 37.5

Subscribe