Séries antigas que todo mundo devia assistir

11:00


Olá pessoas! Hoje eu vim falar de um assunto que eu nem gosto haha. Apesar de amar as séries mais recentes, as antiguinhas tem um lugar muito especial no meu coração. Sabe aquelas da época da mãe? Sei lá, pra mim tudo é mais bonito e mais legal. Os seriados da época que eu conheço tem relação com o high school, o que é outro bônus já que eu amo esse universo de cheerleaders e times de basquete ou futebol americano, além de, claro, muita intriga. Hoje eu vim falar sobre as minhas séries antigas favoritas e atemporais, que todo mundo tem que assistir e viver um dia. Não vou falar de Friends porque ninguém aguenta mais, mas se você não assistiu ainda começa AGORA! 



One Tree Hill: Começando por uma que não foi amor ao primeiro episódio. Eu comecei essa meio cética e o site que eu fui assistir tava com a legenda errada, me desanimou legal. Depois de um tempo eu resolvi dar outra chance e aí não larguei mais. Juro que cheguei a ver duas temporadas inteiras em um dia só, tava muito viciada! Ela começa focada na relação de dois irmãos, o Lucas e o Nathan Scott. O pai deles, o Dan, namorava com a mãe do Lucas mas foi embora quando ela engravidou e se casou com a mãe do Nathan, que também engravidou. Eles acabam estudando na mesma escola: o Nathan super popular, capitão do time de basquete e namorado de uma líder de torcida, e o Lucas excluído e com uma melhor amiga. Só que duas coisas unem os dois: o talento no basquete e o interesse do Lucas pela Peyton, namorada do Nathan (personagem essa que eu detesto). Quando o técnico vê que o Lucas é bom, coloca ele no time e as tretas começam a surgir. Tem também a Brooke, capitã das líderes de torcida, melhor amiga da Peyton e que quer o Lucas custe o que custar, e a Haley, melhor amiga do Lucas e tutora do Nathan. Essa turma apronta demais, isso sem contar as confusões que os adultos arrumam. Com o passar do tempo o foco da série vai mudando, mas as histórias são sempre ótimas.




The OC - Um Estranho no Paraíso: Essa fala do Ryan, um menino todo errado da periferia que acaba se metendo em confusão e esbarrando no caminho do Sandy, um advogado gratuito que é casado com uma mulher rica de Orange County. Quando o Ryan fica sem ter pra onde ir, o Sandy leva ele pra casa e acaba o adotando. O casal já tem um filho chamado Seth (amor da minha vida), que é super nerd, anti-social apaixonado pela Summer, uma das meninas mais populares do colégio que ele estuda. Além disso, tem a menina que mora na casa ao lado, a Marissa. O Ryan acaba se apaixonando por ela, só que a moça é super complicada e ele também não é fácil. Além disso, tem o drama adulto dessa sociedade exclusiva e cheia de intriga por baixo dos panos. 



Gilmore Girls: Agora, uma antiga que voltou com tudo pro Netflix e vai ganhar temporada nova. Essa é sobre a relação mãe e filha da Lorelai e da Rory. A Lorelai teve a filha super nova, com 16 anos, e apesar de vir de uma família rica, decidiu não casar e criar a criança do jeito que achava melhor. Como melhores amigas, temos Sookie, melhor amiga da Lorelai, cozinheira e maluquinha, e a Lane, melhor amiga da Rory, reprimida pela mãe maluca e fã de rock. Além disso, tem a mãe controladora e o pai aéreo da Lorelai e o Dean, namorado da Rory. Ah, e o Luke, dono da lanchonete onde elas comem todo dia e flerte regular da Lorelai. Com o tempo mais personagens vão entrando e saindo, mas no começo os principais são esses. Mesmo o enredo mudando junto com as temporadas, o foco nunca sai dessa relação das duas, que brigam mas no fim sempre fazem as pazes.



Dawson's Creek: Finalizando, a que eu mais demorei pra entrar no clima. Antes de tudo, deixa eu dizer que essa série é com a Katie Holmes antes do Tom Cruise, ou seja, bastante antiga. Agora, falando da história, o Dawson é um aspirante a roteirista e alucinado por cinema que tem como melhores amigos a Joey e o Pacey. Ela, claro, é apaixonada por ele e todo mundo saca menos o Dawson. O problema começa quando a Jen chega na cidade e o Dawson fica caidinho por ela. Eles logo começam a namorar e a Joey não gosta nada disso, o que gera muitas brigas. Com o passar da série, os casais mudam e a história sofre uma reviravolta, mas tudo continua no mesmo climinha gostoso da série. Amo que ela é gravada em cidade pequena e tem um estilo diferente, cheio de referências e com textos muito inteligentes. Além disso, você se apaixona muito fácil pelos personagens, especialmente pelo Pacey, que vai ganhando destaque aos poucos. 

Claro que tem muitas outras séries mais antigas que eu amo, se vocês quiserem eu volto com mais quatro que eu adoro. Me contem aqui nos comentários se vocês já assistiram alguma dessas e se tem alguma pra me indicar. Mil beijos! 

You Might Also Like

0 comentários

Deixe sua opinião, os comentários serão respondidos quando possível!

“Quando Deus muda nossos planos é porque algo vai melhorar. Confie.” Salmo 37.5

Subscribe